Cidades

Concreto usinado está sendo aplicado nas ruas do São Mateus

Published

on

Cidades

Profissionalização e crescimento do setor vinícola em MT; oportunidade profissional

Published

on


O curso de sommelier oferecido pela ABS Mato Grosso tem se destacado pela sua excelência na formação de profissionais no setor vinícola. A associação tem desempenhado um papel fundamental na promoção e valorização do mundo dos vinhos em Mato Grosso, proporcionando facilidades significativas para os estudantes, além de contribuir para o crescimento do consumo da bebida no estado.

 

A Presidente da ABS-MT, Alessandra Nery, destaca que estudar na ABS é sinônimo de acesso a um ensino de alta qualidade, com instrutores experientes e uma estrutura moderna que permite aos alunos um aprendizado completo e prático. Além disso, a localização estratégica em Cuiabá oferece um ambiente propício para o desenvolvimento de habilidades, com diversas oportunidades de networking e contato com profissionais renomados da área.

Nery destaca que o crescimento do consumo de vinho em todo estado brasileiro vem desde  a Pandemia de COVID-19 teve um impacto significativo no mercado de vinhos no Brasil. “Em 2020, a venda de vinhos atingiu níveis históricos”, destaca a sommelier.

 

As políticas de isolamento social contribuíram para impulsionar os negócios, com dados da Ideal Consulting mostrando que a comercialização mensal da bebida em julho daquele ano alcançou 63,4 milhões de litros, três vezes mais que em março, quando foram vendidos 21,3 milhões de litros. De janeiro a agosto de 2020, foram comercializados 313,3 milhões de litros, um aumento de 37% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Embora tenha havido uma retração pós-pandemia, interpretada como uma normalização do consumo com maior presença em bares e restaurantes, o número de consumidores regulares de vinho cresceu significativamente. Em 2021, o Brasil registrou uma base de 51 milhões de consumidores regulares de vinho, um aumento de 12 milhões em relação ao ano anterior, representando 36% da população adulta brasileira, segundo o relatório Brazil Wine Landscapes 2022 da Wine Intelligence.

A Diretora de Cursos da ABS, diz que a  formação na ABS Mato Grosso abre diversas portas no mercado de trabalho. “Com o crescimento do consumo de vinho e a expansão do setor, a demanda por profissionais qualificados, como sommeliers, tem aumentado. Os alunos do curso de sommelier têm a oportunidade de ingressar em um mercado em expansão, atuando em restaurantes, hotéis, importadoras de vinhos, lojas especializadas, e até mesmo como consultores independentes”. Frisa.

Já no ramo de vinícolas, Mato Grosso também vem se destacando, com vinícolas em Chapada, Sinop e —Para o ano de 2025, espera-se que o mercado vinícola no Brasil continue a se ajustar.

A vice-presidente da ABS-MT, Jane Nezzi, se formou na primeira turma, em 2023, e já vem desenvolvendo trabalhos na capital Cuiabá, ela destaca que a  normalização do consumo e a adaptação das empresas às novas realidades econômicas e sociais devem moldar o futuro do setor. “Com uma base sólida de consumidores regulares e a profissionalização crescente promovida por instituições como a ABS Mato Grosso, o cenário vinícola brasileiro tende a se fortalecer e diversificar ainda mais”, pontua a sommelier.

ABS Mato Grosso não apenas oferece uma formação de excelência, mas também contribui significativamente para o desenvolvimento do mercado de vinhos no Brasil. A profissionalização dos sommeliers é uma peça-chave para sustentar o crescimento e a qualidade do consumo de vinho, trazendo benefícios para todo o setor e para os apreciadores da bebida.
Entretanto Nery  destaca que a segunda turma está em andamento: “são 7 meses de formação, com aulas  um fim de semana por mês. Os professores são da ABS-SP e tem nome reconhecido mundialmente no mundo dos vinhos”, frisou.

 

Conforme a direção da ABS-MT, o objetivo é fazer um curso de profissionalização por, e a turma de 2025 já está com inscrições abertas, basta acessar o Instagram da ABS-MT.





Continue Reading

Cidades

Processo Seletivo da UAB para cursos de especialização é prorrogado

Published

on


A coordenação geral da Universidade Aberta do Brasil (UAB) informa que foram prorrogadas as inscrições para o Processo Seletivo específico, voltado para dois cursos de especialização, sendo o de novas tecnologias e linguagens no ensino de língua e literatura e o de ensino de matemática.

As inscrições devem ser feitas até o dia 21 de junho pelo seguinte endereço eletrônico:https://ufr.edu.br/cev/edital-protic-reitoria-reitoria-ufr-n-10-de-03-de-maio-de-2024/

De acordo com o 3° Edital de Retificação ao Edital Protic – Reitoria/Reitoria/UFR N° 10, de 03 de maio de 2024, o Processo Seletivo Específico refere-se ao preenchimento de vagas destinadas exclusivamente a candidatos portadores de diploma de graduação em Língua Portuguesa e ou Língua Estrangeira Moderna e para portadores de diploma de Matemática.

A especialização tem como foco a formação de agentes públicos para atuar como professores, assessores e técnicos educacionais do Estado de Mato Grosso.

A taxa de inscrição será de R$ 80,00, sendo emitida no ato de preenchimento do formulário no endereço eletrônico https://ufr.edu.br/cev/edital-protic-reitoria-reitoria-ufr-n-10-de-03-de-maio-de-2024/. Para este Processo Seletivo, conforme a comissão organizadora da prova, não haverá isenção total ou parcial do pagamento da taxa de inscrição.

Dúvidas ou informações sobre o processo seletivo deverão ser encaminhadas para a Diretoria de Tecnologias Educacionais Virtuais, através do e-mail [email protected] ou pelo telefone (66) 3410-4111.

Confira abaixo o edital do Processo Seletivo:

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT





Continue Reading

Cidades

Instituto Nefrológico Adilson Martins é oficialmente inaugurado

Published

on


Unidade, que funciona em prédio construído pela Prefeitura, está sob gestão de empresa especializada

Está oficialmente em funcionamento o Instituto Nefrológico de Sorriso, que homenageia o jornalista e paciente renal Adilson Martins, falecido em novembro do ano passado. A unidade, na esquina entre a Avenida Brasil e a Rua São Pedro, no bairro Villa Romana, está sob a gestão do Instituto Nefrológico Ltda., única empresa a participar da Concorrência Pública 012/2023, que tinha como objeto a Concessão do serviço de Terapia Renal Substitutiva (TRS).

Depois de todo o processo de licitação, que sucedeu a fase de construção do prédio, também a cargo da Prefeitura, com um investimento que na casa dos R$ 2 milhões, o início das sessões de TRS foi celebrado em uma cerimônia realizada na noite desta quarta-feira (4 de julho).

Como o serviço de hemodiálise é considerado de alta complexidade, não é de responsabilidade do Município. No entanto, o Município investiu recursos próprios e buscou alternativas para melhorar a qualidade de vida de todos os sorrisenses que necessitam deste tratamento, colocando no passado a rotina de viagens para passar pelo procedimento em Sinop.

“Foi um processo longo e árduo, mas a missão do Executivo é sim, uma missão árdua e hoje partilhamos junto à comunidade, aos pacientes e a todos os demais envolvidos a realização deste sonho, que permite que os sorrisenses que precisam da hemodiálise possam ser atendidos aqui, pertinho de casa, e os pacientes de cidades mais próximas também poderão ser aqui atendidos, economizando assim o tempo de viagem”, destacou o prefeito Ari Lafin.

O médico nefrologista Vitor Carlos Souza Vieira, responsável pelo Instituto Nefrológico Ltda. Informou que, desde 1994, o Instituto oferta terapia renal substitutiva no Estado. A primeira clínica foi aberta em julho de 1994, em Várzea Grande; e a segunda em 2021, em Primavera do Leste. “É uma honra estarmos aqui agora em Sorriso, prestando um serviço com o máximo empenho profissional, oferecendo o que há de melhor para garantir o conforto do paciente”.

Uma das pessoas que vai incluir o endereço da clínica no trajeto rotineiro é a dona Terezinha Sartori, que acompanha o marido na rotina da hemodiálise. “Emocionada. É assim que me sinto em ver meu marido fazer hemodiálise em casa. Tenho certeza de que todas as famílias dos demais pacientes sentem essa mesma alegria; agora ele vai entrar aqui às 7 horas e chegar em casa às 11 horas, para o almoço”, conta.

Terezinha relata que até então era necessário sair de Sorriso às 10 horas da manhã para o atendimento. “Só voltávamos depois do último paciente concluir o procedimento por volta das 20, 21 horas; e nem sempre o paciente volta bem, muitas vezes sente náuseas, vômitos, então saber que teremos esse serviço no Município mesmo é um alívio muito grande”, diz. O esposo de dona Terezinha integrou o grupo de pacientes que na última sexta-feira, 28 de junho, participou dos testes iniciais na Clínica. Seis pacientes passaram pelo procedimento na sexta. “E sei que a alegria de todos é a mesma”, reforça Terezinha.

“Entregamos aqui hoje uma nova expectativa de nossos pacientes, que não vão mais precisar rodar 180 quilômetros, dia sim, dia não, para a filtragem do seu sangue”, comentou o secretário de Saúde e Saneamento Luís Fábio Marchioro, reiterando que, além dos investimentos na construção do prédio e de todo o trâmite licitatório, o Município segue investido no setor até que venham verbas de outras esferas governamentais.

O Clínica já está atendendo 44 pacientes, com necessidade mensal de aplicação de R$ 300 mil por parte do Município. Além dos 30 pacientes sorrisenses, devem também ser atendidos nove pacientes de Nova Mutum; e 11 de Lucas do Rio Verde. Outros quatro pacientes são de Ipiranga do Norte, Itanhangá, Nova Ubiratã e Tapurah. Contudo, dependendo da demanda, o número de pacientes atendidos pode chegar a até 84 pessoas.





Continue Reading

As mais lidas da semana