Esportes

Flamengo e Cuiabá empatam no Maracanã pelo Brasileirão

Published

on


O líder do Campeonato Brasileiro, Flamengo, enfrentou o Cuiabá neste sábado e acabou tropeçando em casa, empatando por 1 a 1. O clube carioca sofreu um gol logo no início da partida, com Derik Lacerda marcando para o time visitante. Mesmo buscando o empate, o Flamengo só conseguiu igualar o placar no segundo tempo, com um gol de Pedro.

Com esse resultado, o Flamengo agora soma 31 pontos, e a liderança do campeonato está ameaçada. A vantagem do Rubro-Negro sobre os concorrentes Botafogo, Palmeiras e Bahia é de apenas quatro pontos. Enquanto o Cuiabá, com 14 pontos, ocupa a 15ª colocação na tabela.

Na próxima rodada, o Flamengo enfrentará o Fortaleza, no Maracanã, na quinta-feira, às 20h (horário de Brasília). Já o Cuiabá terá seu próximo jogo contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, no dia 13, pela 17ª rodada.

O Flamengo pressionou em busca da vitória, mas esbarrou na defesa sólida do Cuiabá e na falta de inspiração de seus jogadores. Mesmo com as alterações feitas pelo técnico Tite durante a partida, o Rubro-Negro não conseguiu sair com os três pontos em casa.

A torcida presente no Maracanã viu um jogo tenso e marcado pela falta de efetividade do Flamengo, que não conseguiu superar a organização defensiva do Cuiabá. Com um ponto conquistado, o líder do campeonato agora precisa se recuperar para manter sua posição no topo da tabela.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1X1 CUIABÁ

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 06/07/2024
Horário: 20h (de Brasília)
Público: 51.666 pagantes / 54.948 presentes
Árbitro: Rodrigo José Pereira de Lima (Fifa-PE)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Eduardo Goncalves da Cruz (MS)
VAR: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG)
Cartão amarelo: Pedro (Flamengo) e Ramon, Derik Lacerda e Guilherme Madruga (Cuiabá)
Gols: Derik Lacerda, aos 5′ do 1ºT (Cuiabá), Pedro, aos 14′ do 2ºT (Flamengo)

FLAMENGO: Rossi; Wesley, David Luiz, Fabrício Bruno e Ayrton Lucas; Erick Pulgar, Allan (Werton e depois Matheus Gonçalves) e Gerson; Luiz Araújo, Bruno Henrique (Lorran e depois Carlinhos) e Pedro. Técnico: Tite.

CUIABÁ: Walter; Rikelme (Bruno Alves), Marllon, Alan Empereur e Ramon; Lucas Mineiro, Denilson (Guilherme Madruga) e Fernando Sobral; Jonathan Cafú (Eliel), Derik Lacerda (Clayson) e Isidro Pitta. Técnico: Petit.

Fonte: Esportes





Esportes

Atlético-MG vence o São Paulo e sai do jejum no Brasileirão

Published

on


O São Paulo foi derrotado pelo Atlético-MG por 2 a 1 na Arena MRV, em Belo Horizonte, nesta quinta-feira, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do Galo foram marcados por Vargas e Paulinho, enquanto Lucas descontou para o Tricolor.

Com a derrota, o São Paulo, comandado por Luis Zubeldía, perdeu a invencibilidade de quatro jogos e permanece na quinta posição com 27 pontos. Já o Atlético-MG, que não vencia há três partidas, subiu para a décima colocação, somando agora 21 pontos.

Primeira Tempo

O jogo começou com o Atlético-MG pressionando e dominando a posse de bola. Aos 12 minutos, Hulk cobrou uma falta de longa distância, e o goleiro Rafael espalmou para dentro da área. Vargas aproveitou o rebote e abriu o placar para o Galo.

O São Paulo reagiu rapidamente. Aos 17 minutos, em um escanteio, Lucas dominou a bola na área, girou e chutou rasteiro, empatando a partida. O Tricolor quase virou aos 21 minutos, quando Luciano finalizou com perigo após um cruzamento.

Ferreira teve uma grande chance aos 22 minutos, mas o goleiro Matheus Mendes fez uma defesa crucial. O Atlético-MG voltou a pressionar e, aos 31 minutos, Scarpa chutou para fora após cortar para o meio. Aos 35 minutos, Igor Vinícius encontrou Ferreirinha, que chutou forte, mas a bola foi bloqueada por Battaglia.

O Galo voltou a assustar aos 36 minutos com uma finalização de Scarpa, defendida por Rafael. No entanto, aos 47 minutos, Scarpa chutou da entrada da área, a bola desviou em Paulinho e enganou Rafael, colocando o Atlético-MG novamente na frente.

Segundo Tempo

Mesmo em vantagem, o Atlético-MG começou o segundo tempo pressionando. Guilherme Arana quase ampliou o placar logo no primeiro minuto, mas Rafael fez uma boa defesa. O São Paulo quase empatou aos oito minutos, quando Ferreira finalizou colocado, mas a bola passou perto da trave.

A situação do São Paulo se complicou aos 13 minutos, quando Alan Franco foi expulso após atingir o calcanhar de Otávio com a sola do pé, após revisão do VAR. Com um jogador a menos, o Tricolor ainda teve uma chance aos 20 minutos, mas Matheus Mendes fez duas defesas seguidas em chutes de Luiz Gustavo e Luciano.

Com a vantagem numérica, o Atlético-MG dominou o restante do segundo tempo, administrando o placar e impedindo qualquer reação significativa do São Paulo. O Tricolor, apesar de algumas tentativas, não conseguiu superar a defesa do Galo e acabou saindo de campo derrotado.

 Próximos Confrontos

O São Paulo terá quase uma semana para se preparar para o próximo compromisso. Na quarta-feira, a equipe tricolor recebe o Grêmio no Morumbi, às 20h (de Brasília), pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Atlético-MG volta a campo na terça-feira, quando enfrenta o Juventude no Mané Garrincha, em Brasília, às 19h.

Com a derrota, o São Paulo perde a oportunidade de retornar ao G4, enquanto o Atlético-MG ganha um fôlego extra na competição, buscando se aproximar das primeiras posições.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Arena MRV, em Belo Horizonte (MG)
Data: 11/07/2024
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RS) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Battaglia e Hulk (Atlético-MG); Zubeldía e Luiz Gustavo (São Paulo)
Cartões vermelhos: Alan Franco (São Paulo)

GOLS: Vargas, aos 12′ do 1ºT (Atlético-MG); Lucas, aos 17′ do 1ºT (São Paulo); Paulinho, aos 47′ do 1ºT (Atlético-MG)

ATLÉTICO-MG: Matheus Mendes; Saravia, Battaglia, Bruno Fuchs e Guilherme Arana; Otávio, Alan Franco e Gustavo Scarpa; Vargas (Cadu), Paulinho (Palacios) e Hulk. Técnico: Gabriel Milito

SÃO PAULO: Rafael; Igor Vinícius (Rafinha), Arboleda, Alan Franco e Welington; Luiz Gustavo e Alisson; Lucas (Erick), Luciano (Wellington Rato) e Ferreirinha (Rodrigo Nestor); Calleri (André Silva). Técnico: Luis Zubeldía

Fonte: Esportes





Continue Reading

Esportes

 Botafogo vence o Vitória e assume a liderança do Brasileirão 

Published

on


Na noite desta quinta-feira, o Botafogo reassumiu a liderança do Campeonato Brasileiro ao vencer o Vitória por 1 a 0 no Barradão, em Salvador-BA, em partida válida pela 16ª rodada. O gol decisivo foi marcado por Savarino no segundo tempo, garantindo os três pontos para o Glorioso.

Com este resultado, o Botafogo chegou a 33 pontos, ultrapassando o Palmeiras nos critérios de desempate e deixando o Flamengo para trás, que perdeu para o Fortaleza na mesma noite. O Vitória, por sua vez, permanece com 15 pontos na 15ª colocação, próximo à zona de rebaixamento.

Primeira tempo

O jogo começou eletrizante, com o Vitória balançando as redes logo no primeiro minuto. No entanto, o gol foi anulado devido a uma falta no goleiro John. Após o susto inicial, o Botafogo passou a controlar a posse de bola e teve sua primeira chance clara aos 13 minutos, quando Alexander Barboza cabeceou para fora.

Com o tempo, o Vitória equilibrou o jogo e começou a criar mais oportunidades. Aos 38 minutos, Matheusinho cabeceou em cima do goleiro John após um cruzamento perigoso. Nos minutos finais do primeiro tempo, o Vitória pressionou, mas o Botafogo conseguiu segurar o empate até o intervalo.

Segundo tempo

A segunda etapa começou com muita movimentação. Logo aos dois minutos, Lucas Halter quase abriu o placar para o Botafogo com uma cabeçada perigosa. Pouco depois, Lucas Esteves fez uma boa jogada, mas chutou sobre o travessão.

Aos dez minutos, o Botafogo teve uma grande chance de abrir o marcador quando Gregore foi derrubado na área e o árbitro assinalou pênalti. No entanto, Eduardo desperdiçou a cobrança, chutando para fora e ainda se lesionou no lance.

Quando parecia que o Botafogo poderia desanimar, Savarino aproveitou um rebote do goleiro aos 16 minutos e mandou para o fundo das redes, colocando os cariocas na frente.

Pressão Final do Vitória

Após sofrer o gol, o Vitória intensificou suas investidas ofensivas. Alerrandro teve uma boa chance, mas parou em John. O Botafogo manteve uma defesa sólida e buscava os contra-ataques, embora falhasse nas finalizações.

Nos minutos finais, o Vitória continuou pressionando em busca do empate. Wilean Lepo e Wagner Leonardo obrigaram John a fazer boas defesas. Matheusinho ainda acertou o travessão após um escanteio, mas o Botafogo conseguiu segurar a vantagem e saiu de campo com a vitória.

Próximos Confrontos

Na próxima rodada, o Botafogo terá um confronto direto pela liderança contra o Palmeiras, na quarta-feira, no Estádio Nilton Santos. No mesmo dia, o Vitória enfrentará o Fortaleza no Castelão, buscando se afastar da zona de rebaixamento.

Com a vitória, o Botafogo não só reassume a liderança do campeonato, mas também ganha moral para o importante duelo contra o Palmeiras, enquanto o Vitória precisa reagir rapidamente para evitar a aproximação dos times da zona de rebaixamento.

Fonte: Esportes





Continue Reading

Esportes

Fortaleza vence o Flamengo no Maracanã e embola briga pela liderança do Brasileirão

Published

on


Em uma noite inspirada do Leão do Pici, o Fortaleza espantou a torcida rubro-negra no Maracanã e venceu o Flamengo por 2 a 1 nesta quinta-feira. Com a derrota, o Mengão perde a liderança do Campeonato Brasileiro e estaciona nos 31 pontos, enquanto o Tricolor de Aço respira na competição, alcança os 26 pontos e se aproxima da parte de cima da tabela.

A equipe cearense abriu o placar logo aos 10 minutos do primeiro tempo, com um gol contra de Wesley. Atrás no placar, o Flamengo partiu para cima e conseguiu o empate ainda na primeira etapa, em cobrança de pênalti de Pedro, aos 38 minutos.

No segundo tempo, o jogo continuou aberto, com chances para ambas as equipes. A equipe comandada por Juan Pablo Vojvoda mostrou eficiência e voltou a ficar na frente do placar aos 17 minutos, com gol de Lucero, que definiu o placar da partida.

O Flamengo volta a campo no dia 20 de julho, contra o Criciúma, em Brasília, pela Copa do Brasil. Já o Fortaleza encara o Vitória, no Castelão, na próxima quarta-feira, em partida válida pela Copa Sul-Americana.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 X 2 FORTALEZA

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro
Data: 11/07/2024
Horário: 20h (horário de Brasília)
Árbitro: Edina Alves Batista (SP-Fifa)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP-Fifa) e Maira Mastella Moreira (RS)
Cartões amarelos: Allan (Flamengo); Cardona (Fortaleza)
GOLS: Wesley (contra), aos 10min do primeiro tempo, Pedro, aos 38min do primeiro tempo (FLAMENGO), Lucero, aos 17min do segundo tempo (FORTALEZA)

FLAMENGO: Rossi, Wesley, Fabrício Bruno (Léo Ortiz), David Luiz (Léo Pereira) e Ayrton Lucas; Allan (Gabriel), Pulgar e Gerson; Luiz Araújo (Carlinhos), Matheus Gonçalves e Pedro. Técnico: Tite

FORTALEZA: João Ricardo, Tinga, Brítez, Cardona e Felipe Jonathan (Bruno Pacheco); Pedro Augusto, Hércules e Pochettino (Lucas Sasha); Yago Pikachu (Kuscevic), Breno Lopes (Moisés) e Lucero (Renato Kayser). Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Fonte: Esportes





Continue Reading

As mais lidas da semana