POLÍTICA

Prefeitura de Sorriso lança aplicativo para pré-cadastramento habitacional

Published

on

A prefeitura lançou, esta manhã, o aplicativo de pré-cadastro habitacional para que famílias de baixa renda possam entrar em programas e realizar o sonho da casa própria. De acordo com o coordenador da pasta de Habitação, Brendo Braga, o sistema fará “levantamento atualizado de qual é o déficit habitacional, quantas famílias hoje pagam aluguel, mora de favor e tem renda abaixo de R$ 8 mil e gostaria de ter a sua casa própria, de se cadastrar em um programa habitacional.” 

“A renda é dividida em três faixas, a um que é abaixo de R$ 2,6 mil, a dois que é até R$ 4,4 mil e a três que é para famílias com renda de até R$ 8 mil, lembrando que é a renda bruta mensal. A família que preenche os requisitos, entra no site da prefeitura, fazendo seu cadastro online e insere algumas informações que servirão para essa base de dados do município”, explicou Brendo. 

O coordenador também afirmou que o pré-cadastro não é permitido que famílias que já tem cadastro em programas anteriores. “O sistema foi feito para ficar de forma transparente e justa, onde a pessoa que já foi contemplada em algum programa habitacional no município não conseguirá fazer, inclusive, o cadastro.”

A secretária de Assistência Social, Jucélia Ferro, ressaltou que a equipe da pasta estará auxiliando famílias durante o pré-cadastramento. “Sabemos que muitas pessoas não têm aquela agilidade para estar mexendo no celular, então nós estamos disponibilizando o cadastro único, para estarmos também auxiliando neste primeiro momento. Os pontos são nos CRAS São Domingos, São José, Praça Céu, também temos o Ganha Tempo do centro e da região Leste e a secretaria de Assistência Social.”

Jucélia também relembrou sobre as 50 casas ofertadas gratuitamente para famílias em extrema pobreza, uma parceria entre o governo estadual e municípios. “Estão sendo fornecidas para pessoas em extrema pobreza, com uma renda per capita de R$ 100, então isso tudo vai ser elencado e analisado pela nossa equipe técnica da Assistência Social também. Então o município vai entrar com o local onde serão construídas e o governo com R$ 100 mil para construção destas casas que as pessoas não irão precisar pagar nada.”

O prefeito Ari Lafin destacou a primeira etapa de retorno do programa do Governo Federal. Ao todo, mais de 1,5 mil casas foram anunciadas para Mato Grosso, inicialmente. “A primeira etapa foi deixar claro ao governo federal através de uma inscrição nossa, que nós estamos disponíveis a receber o investimento do governo federal, Minha Casa, Minha Vida. O número para o Mato Grosso, é realmente muito baixo, mas tenho certeza de que este é o início de um programa. O que nós precisamos nos organizar é com a área. Na próxima semana, iremos lançar o edital de chamamento público para os interessados que tenham até 20 hectares e que queiram vender ao Poder Público municipal esta área.”

“Obviamente, vamos oficializar isso, na próxima semana, aqueles que tiverem interesse encaminharão até 20 hectares através da secretaria de Governo e encaminharemos para o Conselho Municipal de Habitação, para fazer os critérios de valores e localização também, precisamos ter áreas bem localizadas, porque nada adianta vir uma área a 20 quilômetros da cidade, como iremos levar toda a parte logística para quem queira morar lá”, analisou o prefeito.

“O que temos definido até o momento são os 1 mil apartamentos do MT PAR, as quatro áreas estão aprovadas pela câmara de vereadores, o processo licitatório já está em processo final, parece que já temos uma empresa ganhadora, só estamos aguardando o prazo de homologação que deve acontecer essa semana”, acrescentou.

Só Notícias/Ana Dhein com Lucas Torres, de Sorriso (foto: Só Notícias/Lucas Torres/arquivo)

Via: Só Notícias

Comentários

POLÍTICA

Progressistas Afirma que foi o Primeiro a Apoiar Botelho e Insiste em Indicar o Vice na Chapa

Published

on

VICE COBIÇADA

Em uma entrevista à imprensa nesta segunda-feira,  o deputado Paulo Araújo(PP), destacou o papel proeminente do Progressistas dentro da coalizão que apoia Botelho. “Nós vamos trabalhar numa frente de vários partidos, o Progressistas é um dos maiores partidos do arco de aliança do pré-candidato Eduardo Botelho. Nós fomos o primeiro partido a declarar apoio ao Botelho”, afirmou o presidente do partido.

A indicação do pré-candidato a vice-prefeito na chapa de Botelho torna-se uma pauta prioritária para o Progressistas. Araújo enfatizou o compromisso histórico com Botelho e o União Brasil, ressaltando a sólida relação de parceria e confiança entre as partes. “E eu sempre dizia que se o Botelho não fosse candidato pelo União Brasil seria pelo Progressistas. Nós tínhamos esse compromisso com o Botelho. E essa relação de parceria, de confiança, sempre existiu, desde o início”, declarou Araújo.

A confiança na viabilidade da candidatura de Botelho permeia a postura do Progressistas, que busca assegurar uma posição estratégica na disputa eleitoral. “É lógico que o Progressistas vai pleitear a vaga de vice sim porque nós acreditamos na eleição do deputado Botelho”, concluiu Paulo Araújo.

Fonte: Rufando o Bombo

Comentários
Continue Reading

POLÍTICA

Lewandowski lança plano nacional para defensoria pública

Published

on

O ministro da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Ricardo Lewandowski, lançou nesta segunda-feira (20) o Plano Nacional Defensoria em Todos os Cantos. Serão investidos inicialmente R$ 50 milhões para o fortalecimento da Defensoria Pública da União (DPU) e das defensorias dos estados.

Segundo o ministro, o programa vai ampliar o acesso da população à Justiça em todo país. Ao receberem os recursos, as defensorias deverão ampliar unidades de atendimento, comprar veículos itinerantes e investir em projetos de promoção dos direitos das mulheres, população negra, presos, crianças e adolescentes e população LGBTQIA+.

“A defensoria pública brasileira, da União, e dos estados, é chamada a colaborar, não com o Estado brasileiro, mas com o povo brasileiro. Nós vamos promover assistência daqueles menos assistidos, daqueles desamparados do ponto de vista social e econômico para que a Justiça possa chegar neles”, afirmou.

O plano nacional tem três eixos principais e vai universalizar os serviços prestados pelas defensorias nas comarcas da Justiça em todo o Brasil, ampliar os serviços itinerantes em áreas de difícil acesso e promover projetos para grupos vulneráveis.

Via: Agência Brasil

Comentários
Continue Reading

POLÍTICA

Associação que produz “conteúdo gay” processa deputado bolsonarista e quer R$ 40 mil

Published

on

Cattani-MTQueer

 

A Associação Cultural MT Queer acionou, judicialmente, o deputado estadual Gilberto Cattani (PL), pedindo uma indenização de R$ 40 mil por danos morais. Segundo a entidade, o parlamentar teria utilizado argumentos racistas e ideológicos em sua rede social, para atacar o grupo, em uma postagem feita nas redes sociais do bolsonarista.

De acordo com a ação, as afirmações feitas pelo parlamentar bolsonarista na postagem seriam infundadas e não condizem com a realidade dos fatos, ressaltando ainda que a entidade realiza diversas atividades junto a comunidade LGBTQIA+. Entre as ações realizadas pela associação está a produção de conteúdos audiovisuais.

Uma destas produções foi utilizada por Cattani, em uma postagem feita no Instagram do parlamentar e que, segundo a associação, teve como único intuito a divulgação de informações infundadas sobre o grupo. O deputado estadual teria afirmado que os atores envolvidos em um curta-metragem estariam utilizando uniformes da rede pública estadual de educação.

Segundo o deputado, o grupo estaria supostamente fazendo apologia à ideologia de gênero e incentivando a ‘fazer o que eles praticam’. O parlamentar teria ainda questionado uma apresentação feita pela associação no Teatro Zulmira Canavarros, ignorando o fato de que o mesmo seja um espaço público.

“Nesse diapasão, afirmou com inverdades que à época a associação recebia dinheiro público para realizar os projetos, entretanto, a requerente nunca recebeu verbas públicas para realizar os seus projetos audiovisuais. Nesta senda, é clara a intenção do Requerido de disseminar desinformação e valer-se disto para se promover, sem ao menos se importar com os danos causados, haja vista, é uma pessoa pública que influencia opiniões”, diz trecho do pedido.

O processo tramita na 7ª Vara Cível de Cuiabá e uma audiência de conciliação foi agendada para o dia 8 de outubro deste ano, a ser realizada pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania dos Juizados Especiais de Cuiabá (Cejusc).  A parte autora foi beneficiada com a justiça gratuita. 

Fonte: Folhamax

Comentários
Continue Reading
Advertisement
Advertisement

SAÚDE

POLÍCIA

Advertisement

POLÍTICA

CIDADES

Advertisement

EDUCAÇÃO

ESPORTES

Advertisement

MATO GROSSO

ECONOMIA

Advertisement

GERAL

As mais quente