POLÍTICA

Emanuel cita “lero-lero” de Botelho e cobra emendas para Cuiabá

Published

on

Botelho e Emanuel

 

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) mandou um recado ao deputado estadual, Eduardo Botelho (União), pré-candidato à Prefeitura de Cuiabá, para que deixe de ‘lero-lero’ e indique mais emendas para a Capital. O gestor também criticou o afastamento do ex-aliado e ponderou que o parlamentar precisa ser “mais Botelho e menos Mendes”, ao se refeirir ao governador Mauro Mendes (União), que escolheu Botelho para ser o candidato do grupo a Palácio Alencastro.

“O deputado Botelho tem que parar de ‘lero-lero’, tem que ser mais Botelho e menos Mendes. Ele tá sendo muito Mendes. Ele está com uns discursos que não fazem sentido”, desabafou o emedebista em entrevista ao site Veja Bem, na qual afirmou que são os problemas de Cuiabá é que precisam ser discutidos. 

A fala é em resposta à crítica de Botelho, ao afirmar que recursos de emendas do senador Jayme Campos (União) para Cuiabá não tinham chegado ao município. Por sua vez, Emanuel rebateu e elogiou, deputados federais, como a bolsonarista Coronel Fernanda (PL), seu filho Emanuelzinho (MDB). Inclusive, um dos maiores críticos de sua gestão, o deputado federal e também pré-candidato rumo ao palácio Alencastro, Abílio Brunini (PL), recebeu “elogios” de Pinheiro ao ser apontado na lista dos parlamentares que enviaram recursos por meio de emendas à Capital.

“O deputado Abílio colocou quase R$ 4 milhões da emenda dele na saúde. Agradeço ao deputado Abílio como agradeço a deputada Coronel Fernanda que colocou R$ 7 milhões e agradeço ao deputado Emanuelzinho que colocou R$ 21 milhões”, disse Pinheiro.

Em seguida, teceu críticas ao presidente da Assembleia, pela “mudança de postura” desde que foi escolhido como o pré-candidato a prefeito pelo grupo político do governador Mauro Mendes. “O que nós sentimos falta é de ajuda dos deputados, do próprio deputado Botelho que tem milhões em emendas e ele podia aproveitar e colocar essa emenda em Cuiabá, mas parece que com o problema no governo não coloca. Até pouco tempo atrás era só elogios para a minha gestão, sempre esteve ao meu lado e ajudou como pode”, disparou o prefeito. 

Emanuel e Botelho que eram grandes aliados, têm se afastado, após o parlamentar ter sido escolhido pelo governador, principal adversário de Emanuel, como o pré-candidato do União Brasil para disputar a Prefeitura de Cuiabá este ano. Botelho que tentava ‘apaziguar’ a relação de desgaste entre prefeitura e governo, passou a tecer duras críticas à gestão do emedebista.

VEJA A ENTREVISTA: 

Fonte: Folhamax

Comentários

POLÍTICA

Imagens Exclusivas: Site Rufano Bombo News Obtém Vídeo do Acidente com o Secretário Luluca Ribeiro e Jajá Neves

Published

on

Acidente na MT-010

Redação do rufandobombonews 

Imagens obtidas com exclusividade pelo site Rufano Bombo News revelam o momento chocante da colisão entre duas caminhonetes no condomínio Vivendas, localizado na MT-010, a estrada que conecta Cuiabá ao distrito da Guia. O acidente envolveu o secretário de agricultura familiar Luluca Ribeiro, o ex-deputado Jajá Neves e o locutor Arizona.O vídeo do circuito interno capturou o momento exato da colisão, fornecendo um vislumbre impressionante do incidente. As imagens serão cruciais para a investigação em curso sobre as circunstâncias do acidente.Tanto o secretário Luluca Ribeiro, quanto o ex-deputado Jajá Neves e o locutor Arizona sofreram fraturas e foram levados para unidades de saúde em Cuiabá.

O secretário de Estado de Agricultura Familiar (Seaf) Luluca Ribeiro e o ex-deputado estadual Jajah Neves divulgaram nesta quinta-feira (11) vídeos em seus perfis no Instagram para atualizar seguidores e amigos sobre o estado de saúde após acidente de carro ocorrido na terça-feira (9).

 

Fonte: Rufando o Bombo

Comentários
Continue Reading

POLÍTICA

Lúdio critica pré-candidatos e lembra que eleição é maratona

Published

on

ludio-petezada

 

Deputado estadual Lúdio Cabral (PT) criticou os pré-candidatos à Prefeitura de Cuiabá que já têm se mobilizado neste momento em busca do cargo. O petista, que já disputou as eleições majoritárias na Capital do estado duas vezes, afirmou que eleição é “maratona” e “às vezes quem está acelerado hoje, não tem fôlego para chegar à campanha em condições”. 

Lúdio já foi oficializado como candidato do PT ao cargo de prefeito de Cuiabá. No entanto, como o Partido dos Trabalhadores faz parte de uma federação com o PC do B e com o PV, os 3 partidos devem definir um nome para a disputa. O vice-prefeito José Roberto Stopa é outro que busca ser o escolhido da federação. 

“A direção dos três partidos tem se reunido com frequência, com regularidade e tem uma posição amadurecida, de tomar a decisão por consenso. Isso vai acontecer no tempo certo. O ideal seria que nós já tivéssemos tomado esta decisão. Não tomamos, paciência, vamos continuar conversando para dar conta dessa tarefa”, disse Lúdio em entrevista na manhã de quarta-feira (10). 

O deputado, entretanto, afirmou que não é preciso ter pressa, que por experiência própria sabe que eleição a cargo majoritário é “uma maratona” e ter pressa para entrar na disputa pode acabar não sendo a melhor opção. 

“Eleição majoritária é uma maratona, não é uma corrida de 100 metros, às vezes quem está acelerado hoje, não tem fôlego para chegar à campanha em condições de disputa e em condições de vitória. Por isso a minha tranquilidade, tudo no tempo certo. É melhor que a gente espere um pouco mais para ter uma decisão madura, de consenso, de união na federação do que insistir em uma decisão antes que ela esteja amadurecida. […] Então assim como você só chupa uma manga depois que ela está madura, não adianta insistir em comer uma fruta verde entendeu?”, disse. 

Ele também reconheceu os esforços de Stopa, em defender seu nome para a disputa, mas reforçou que o candidato será escolhido em unidade entre os 3 partidos da federação.

Fonte: Folhamax

Comentários
Continue Reading

POLÍTICA

Diretor jurídico que representava X no Brasil renuncia ao cargo

Published

on

O advogado Diego de Lima Gualda, diretor Jurídico do X (antigo Twitter), renunciou ao cargo nesta semana, segundo carta enviada à Junta Comercial de São Paulo (Jucesp), na última segunda-feira (8). Na Junta Comercial, seu cargo constava como administrador e representante da plataforma.

Em seu perfil em outra plataforma digital, o LinkedIn, Gualda informa que foi diretor jurídico da empresa responsável pela rede social X no país de junho de 2021 a abril deste ano, mês em que declara ter encerrado seu vínculo com a função.

A carta de renúncia de Gualda foi enviada à Junta Comercial no dia seguinte à decisão, do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, de incluir o empresário Elon Musk, dono da X, entre os investigados do inquérito das Milícias Digitais (Inq. 4874).

Musk foi incluído no inquérito para que seja investigada a conduta de “dolosa [intencional] instrumentalização criminosa da rede social X”.

O ministro também determinou a instauração de um “inquérito por prevenção” para apurar as condutas de Musk, já que o empresário afirmou recentemente que liberaria contas de usuários da X suspensas por decisões judiciais brasileiras – conduta que, em sua decisão, Moraes tipifica como possíveis casos de obstrução da Justiça e incitação ao crime.

Outra decisão do ministro do STF negou pedido da rede social de isentar sua representação brasileira de ser afetada por decisões judiciais tomadas no Brasil. A empresa queria que somente a sede internacional respondesse em possíveis processos. 

Via: Agência Brasil

Comentários
Continue Reading
Advertisement
Advertisement

SAÚDE

POLÍCIA

Advertisement

POLÍTICA

CIDADES

Advertisement

EDUCAÇÃO

ESPORTES

Advertisement

MATO GROSSO

ECONOMIA

Advertisement

GERAL

As mais quente