POLÍTICA

Após tomar invertida de colega, vereador recua: “sou pai e faço terapia”

Published

on

maysa-felipe.jpg

 

O vereador Fellipe Corrêa (PL) chamou de “comentário infeliz” sua própria fala contra a colega de parlamento, Maysa Leão (Republicanos) durante uma reunião na Câmara Municipal de Cuiabá nesta semana para tratar sobre a falta de quórum durante as sessões. Ao ser citado, ele relembrou uma discussão entre a parlamentar e um vizinho idoso no elevador do prédio dela, em 2022.

Maysa publicou em suas redes sociais um vídeo afirmando que não aceitaria ser intimidada e na terça-feira (23) contou para quem a publicação foi direcionada. Ela ainda denunciou um suposto “dossiê” que aliados do pré-candidato à prefeitura de Cuiabá, Abilio Brunini (PL), possam ter contra outros legisladores. Ela contou que foi intimidada por Fellipe Corrêa na frente de outros vereadores.

Após a reação da parlamentar, Fellipe recuou, se desculpou e tentou justificar sua fala anterior. “Aconteceu uma perda de tempo desnecessária, um desgaste, em especial para mim. Sou um pai de menina, sou um cara com um monte de limitações, mas faço terapia toda a semana e sei que me esforço para ser uma pessoa melhor e sei que já propus leis que impõe a implantação de grupos reflexivos em Cuiabá, justamente para que agressores não venham a reincidir”, disse ele durante entrevista ao Programa Tribuna, nesta quarta-feira (23).

O legislador negou que tenha falado do episódio em tom de ameaça. “Quero morrer esse assunto. O que eu disse é que sou um dos vereadores que mais utilizam a tribuna então qualquer reclamação sobre quorom não poderia caber Felipe como prioridade porque pra usar a tribuna tem que se inscrever cedo”, justificou. 

Apesar da denúncia, a vereadora disse que não irá representar o colega no Conselho de Ética e nem pedirá a cassação do mandato dele. Além disso, ela ligou para uma rádio de Cuiabá para dizer que Corrêa nunca teve uma conduta agressiva ou desrespeitosa.

“Fiz um comentário muito infeliz que vi em uma manchete e reconheço que foi infeliz, porque eu não sabia da história a fundo do problema que ela teve com um senhor de idade e por respeito a ela não farei de novo esse comentário. Quero reforçar que apesar de todo o desgaste diante disso que Deus a abençoe. Situação resolvida”, enfatizou o vereador.

Por fim, ele afirmou que não se permite ter inimigos em seu coração, nem mesmo o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), a quem ele é opositor na Casa das Leis. “Eu não me permito ter em meu coração inimigos, desejar o mal às pessoas, até mesmo o prefeito, nunca o chamei de ladrão ou vagabundo, faço o meu papel de legislador. Se a gente se permite contaminar pelo ódio e rancor isso faz mal para gente”, aconselhou. 

Fonte: Folhamax

Comentários

POLÍTICA

“Vamos querer fazer parte de um futuro governo de Botelho ” diz vereador do PP

Published

on

“Quem ajuda a ganhar, ajuda a governar ”

Redação do rufandobombonews 

Em entrevista ao jornalista Abdalla Zarur, do site Veja Bem MT, o vereador Demilson Nogueira, do Partido Progressista (PP) em Cuiabá, afirmou que o partido tem a intenção de participar ativamente de uma eventual gestão do deputado estadual Eduardo Botelho, do União Brasil, caso ele vença as eleições para prefeito de Cuiabá.

Segundo Nogueira, o PP está comprometido em colaborar com a administração municipal, utilizando a máxima política: “Quem ajuda a ganhar, ajuda a governar”. O vereador mencionou que a participação do partido na campanha de Botelho é um indicativo claro de sua intenção de contribuir para o governo, caso este seja  “Temos pessoas extremamente qualificadas em nosso partido, prontas para assumir responsabilidades e contribuir para o desenvolvimento de Cuiabá”, declarou o vereador.

 

Fonte: Rufando o Bombo

Comentários
Continue Reading

POLÍTICA

TJ nega suspender cobrança de ex-prefeito de Cuiabá por propaganda irregular

Published

on

Wilson Santos

 

A desembargadora da Primeira Câmara de Direito Público e Coletivo do Tribunal de Justiça (TJMT), Helena Maria Bezerra Ramos, negou suspender a cobrança de uma condenação por propaganda irregular contra o ex-prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSD-MT). Atualmente deputado estadual na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Santos pede um abatimento de R$ 776,1 mil na penalidade – fazendo com que o valor a ser devolvido aos cofres públicos, segundo ele, seja de R$ 316,1 mil.

A decisão da desembargadora é do último dia 5 de junho. Nos autos, Wilson Santos tenta provar a ocorrência de uma suposta compensação de valores pagos, por outras empresas, que justificam a redução de R$ 776,1 mil no débito.

Conforme os autos, entre os anos de 2005 e 2008, na condição de prefeito de Cuiabá, Wilson Santos firmou convênios com empresas para a realização de propagandas em espaços públicos municipais sem licitação – o que teria acarretado danos ao erário.

“Apesar de reconhecida em sede de julgamento do recurso de apelação a existência de dação em pagamento ao Município de Cuiabá de valores devidos e contraprestados por algumas empresas e do laudo pericial indicar que o montante corresponderia à R$ 776.121,77 entende que a compensação de créditos é medida imperiosa, sob pena de locupletamento ilícito por parte do Município de Cuiabá”, defende o ex-prefeito.

Em sua análise, entretanto, a desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos explicou que a compensação não poderia ser estabelecida, a princípio, tendo em vista que os contratos de propaganda entre prefeitura e empresas são distintos.

“Inobstante tenha sido determinada a apuração dos valores a serem ressarcidos ao erário por meio de liquidação de sentença, restou expressamente consignado que, não haverá abatimento ou compensação dos valores recebidos a maior de um termo de parceria com outro, por se tratar de relações jurídicas independentes”, analisou a desembargadora.

Apesar da negativa de suspensão da cobrança, o pedido de Wilson Santos pelo abatimento dos R$ 776,1 mil ainda será analisado no mérito. O Ministério Público do Estado (MPMT) aponta que o valor atualizado do débito seria, na verdade, de R$ 10 milhões.

Fonte: Folhamax

Comentários
Continue Reading

POLÍTICA

Max Russi aposta no empresário da noite como opção do PSB na vice de Botelho

Published

on

2024 é agora

Redação do rufandobombonews 

O deputado Max Russi, 1º secretário da mesa diretora da Assembleia Legislativa, decidiu se envolver na disputa pela indicação do vice na chapa do candidato Eduardo Botelho (UB). Apesar de considerar prematuro iniciar o debate sobre a escolha do vice, Russi acredita que seu partido, o PSB, possui nomes relevantes para apresentar. Entre esses nomes, ele destaca o do empresário cuiabano Elson Ramos.

“Elson é um empresário de grande sucesso em Cuiabá. Ele traz os maiores eventos para a nossa cidade, contribuindo significativamente para o setor de entretenimento do nosso estado. Além disso, ele divulga Mato Grosso em outras regiões. É uma pessoa capacitada, qualificada e preparada, que tem muito a oferecer para o futuro de Cuiabá, caso Botelho seja eleito”, afirmou Russi em entrevista à imprensa na quarta-feira (12).

Russi enfatiza que Ramos possui todas as condições necessárias para colaborar efetivamente com a gestão de Botelho, destacando sua competência e a importância de sua atuação no desenvolvimento local.

Fonte: Rufando o Bombo

Comentários
Continue Reading
Advertisement
Advertisement

SAÚDE

POLÍCIA

Advertisement

POLÍTICA

CIDADES

Advertisement

EDUCAÇÃO

ESPORTES

Advertisement

MATO GROSSO

ECONOMIA

Advertisement

GERAL

As mais quente