Mato Grosso

Livros publicados com apoio do Governo de MT são lançados nesta semana em Cuiabá

Published

on


Mais dois livros de autores mato-grossenses, publicados com recursos do Governo de Mato Grosso, serão lançados nesta semana, em Cuiabá. A obra ‘Se quer que algo tenha fim, não se cale’ será apresentada ao público nesta terça-feira (02.07), às 19h, no Museu da Imagem e do Som. O outro lançamento da semana é ‘Tempos Íntimos’, neste sábado (06.07), às 19h, no Espaço Cultural A Casa do Centro.

As duas obras foram selecionadas na categoria publicação de livros adultos, do Edital Estevão de Mendonça de Incentivo à Literatura Mato-Grossense, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

‘Se quer que algo tenha fim, não se cale’, do cineasta e escritor Wuldson Marcelo, traz uma coletânea de 100 minicontos sobre a vida de pessoas pretas que vivem em Cuiabá. Segundo o autor, são histórias que falam sobre respeito à vida, cultura, desejos, medos, vivências em comum, racismo e o sofrimento decorrente do preconceito racial. A obra conta com ilustrações da artista Lua Brandão.

“O livro é formado por 100 minicontos, que variam de uma linha a uma página, dividido em três partes. A obra deu vazão à minha obsessão pela narrativa curta e permitiu-me aprofundar a respeito de uma literatura que tem pessoas negras como protagonistas”, comenta o autor.

Wuldson Marcelo é autor de outros livros, como ‘As luzes que atravessam o pomar e outros contos’, ‘Obscuro-shi – Contos e desencontros em qualquer cidade’ e ‘Subterfúgios Urbanos’. O multiartista também é mestre em Estudos de Cultura Contemporânea pela UFMT, roteirista, editor da revista Ruído Manifesto, um dos curadores da Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso e integrante do Aquilombamento Audiovisual Quariterê.

Aos 36 anos, a jornalista e escritora Larissa Campos lança sua segunda obra ‘Tempos Íntimos’, neste sábado (06.07), em Cuiabá. O livro reúne 24 contos criados durante o isolamento da pandemia de Covid-19, entre 2020 e 2022, e reflete sentimentos como medo e solidão. Cada conto traz uma releitura artística a partir da ilustração em aquarela da artista Dani Dias.

“Como o título evidencia, intimidade é um tema que atravessa as narrativas e os personagens que fazem parte delas, num processo de criação totalmente impactado pelo período de isolamento da pandemia de Covid-19, embora não haja referência direta ao assunto. Desde a aprovação no edital, foram quase dois anos de dedicação para ver a obra viva, no mundo, nas mãos de quem realmente importa: os leitores”, destaca a escritora.

O projeto ‘Tempos Íntimos’ inclui realização da oficina ‘Do rascunho ao texto’, que apresenta técnicas de escrita criativa para o público. Em junho, a autora realizou a atividade no Palácio da Instrução e em uma escola pública de Cuiabá, com o objetivo de despertar nos participantes o interesse pela literatura e pelos textos literários.

“Converso sobre recursos literários, narrativos, construção da narrativa, mas, sobretudo, convido para que olhem de uma forma afetiva para as suas vidas, para que possam se inspirar nas vivências e nos sentimentos experimentados”.

Durante a oficina, ela desmistifica a ideia de que é necessário projetos grandiosos para construir uma narrativa envolvente, e desafia os participantes a criar personagens dentro de narrativas em primeira e terceira pessoa. O exercício tem como objetivo mostrar a importância do exercício diário para o amadurecimento da escrita.

Larissa também é autora de ‘A casa do posto’, livro de ficção inspirado em experiências vividas durante um período de quatro anos em que autora e a família moraram em um posto de combustível na Rodovia dos Imigrantes, em Cuiabá.

Edital de Literatura

O Edital Estevão de Mendonça de Mendonça de Incentivo à Literatura Mato-Grossense foi lançado em 2022 e contou com R$ 2 milhões distribuídos em 67 projetos de criação (incentivo a novos autores), publicação de livros e fomento à leitura (contação de histórias, formação de mediadores e de escritores).

Em 2023, foi lançado o Edital Prêmio Literatura Mato Grosso dentro do leque de seleções públicas viabilizadas com recursos da Lei Paulo Gustavo. A edição conta com R$ 1 milhão de recursos para reimpressão ou reedição de 20 obras de autores mato-grossenses.

Serviço

Lançamento do livro ‘Se quer que algo tenha fim, não se cale’ – Wuldson Marcelo
Data: 02 de julho, às 19h
Local: Museu da Imagem e Som de Cuiabá (MISC)
Entrada Gratuita
Mais informações: @wuldson_marcelo

Lançamento do livro ‘Tempos Íntimos’ – Larissa Campos
Data: 6 de julho, às 19h
Local: Espaço Cultural A Casa do Centro, na Praça da Mandioca, em Cuiabá
Entrada gratuita
Mais informações: @laricampos10





Mato Grosso

Escola de Governo de MT promove capacitação com foco em processos gerenciais na administração pública

Published

on



Mato Grosso6 horas atrás

Escola de Governo de MT promove capacitação com foco em processos gerenciais na administração pública
A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT), por meio da Escola de Governo, disponibiliza 300 vagas para a capacitação Noções de Gestão Pública Gerencial….



Continue Reading

Mato Grosso

MT é o 2º estado com mais pessoas trabalhando entre a população apta ao mercado de trabalho

Published

on


Mato Grosso é o segundo estado com a maior inserção econômica do país, ou seja, mais pessoas trabalhando entre a população economicamente ativa, de acordo com o Ranking de Competitividade dos Estados.

O levantamento, desenvolvido pelo Centro de Liderança Pública (CLP), tem como base os dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O dado aponta que 95,72% das pessoas aptas a trabalhar em Mato Grosso já estão inseridas no mercado de trabalho.

O governador Mauro Mendes atribuiu a boa colocação ao trabalho desenvolvido desde o início da gestão, em 2019.

“Mato Grosso conseguiu equilibrar a gestão fiscal, e isso possibilitou a criação de ações que geram uma quantidade significativa de empregos. O desenvolvimento do nosso estado também despertou o interesse de grandes indústrias a se instalarem por aqui, fortalecendo o nosso repertório de oportunidades tanto para os mato-grossenses como para quem vem de fora e se instala na região”, destacou o governador.

Mauro ainda lembrou que Mato Grosso é o estado com a menor taxa de desemprego do país, e se mantém como um gigante de oportunidades.

“Temos feito o maior investimento em obras e ações da história do Estado, e isso tem contribuído para empregar direta e indiretamente milhares de pessoas. São seis grandes hospitais sendo construídos, dezenas de novas escolas, quatro mil quilômetros de asfalto novo entregues até o fim do ano, entre outras ações que contribuem para o surgimento de mais oportunidades de trabalho”, afirmou.

Ainda segundo o governador, ações como a redução de impostos, incentivos fiscais e redução da burocracia também têm sido fundamentais para o bom desempenho.

“Hoje o empreendedor tem acesso a benefícios fiscais sem burocracia, de forma automática. As licenças são analisadas com muito mais rapidez e temos as menores alíquotas de impostos do país. Ou seja, criamos um ambiente jurídico e fiscal que atrai o investidor para Mato Grosso e, com isso, traz desenvolvimento e empregos”, completou.

Entenda o levantamento

O indicador de Inserção Econômica é uma variante que analisa os dados do IBGE e os classifica de acordo com a proporção de ocupados em relação à População Economicamente Ativa (PEA) de cada estado brasileiro que compõe o Ranking de Competitividade.

Através desse indicador e de outras métricas, o ranking proporciona uma visão mais abrangente das dinâmicas de trabalho em cada estado, fomentando boas práticas e uma competição saudável rumo a equidade e desenvolvimento sustentável de cada região.

Fonte: Governo MT – MT





Continue Reading

Mato Grosso

Sema-MT e PM apreendem 45 kg de pescado ilegal em Santa Terezinha

Published

on


Equipes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar de Proteção Ambiental – apreenderam 45,8 kg de pescado ilegal. A fiscalização realizada em um hotel pousada, no município de Santa Terezinha (a 1.312 km de Cuiabá), aconteceu nesta terça-feira (23.07).

Foram apreendidos exemplares de tucunaré, pintado e pirarucu. Durante a vistoria, a dona da pousada se identificou como proprietária dos peixes e foi multada em R$ 9,5 mil. Na vistoria, ela apresentou uma nota fiscal com data de 27 de maio deste ano, com descritivo de 19 quilos de pirarucu de piscicultura, porém, os agentes identificaram que o pescado encontrado era de rio devido a coloração escura da carne.

Ela foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil por captura, transporte e armazenamento proibidos.

Do pescado apreendido, cinco quilos eram de pirarucu descaracterizado, em pedaços ou iscas, uma manta da mesma espécie pensando 13,5 kg, além de oito quilos de tucunaré e 19,3 kg de pintado cortado em pedaços. Todo peixe foi doado para a Secretaria de Assistência Social do município. Um freezer também foi apreendido.

A pesca ilegal e outros crimes ambientais devem ser denunciados à Ouvidoria Setorial da Secretaria de Estado de Meio Ambiente pelo 0800 065 3838, pelo aplicativo MT Cidadão ou em uma das regionais da Sema. Quem se deparar com algum crime ambiental também pode denunciar por meio do contato da Polícia Militar 190.

Fonte: Governo MT – MT





Continue Reading

As mais lidas da semana