Esportes

Botafogo conquista vitória contra Cuiabá e alcança vice-liderança no Brasileirão

Published

on


Na noite desta quarta-feira (03.07), o Botafogo saiu vitorioso contra o Cuiabá em uma partida emocionante válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, realizada na Arena Pantanal. O duelo, marcado por momentos decisivos e muita disputa, terminou com o placar de 2 a 1 para o time carioca.

Primeiro Tempo

O jogo começou de forma eletrizante para o Botafogo, que abriu o marcador logo aos quatro minutos com um gol de Kauê. A equipe de General Severiano aproveitou uma falha na defesa do Cuiabá para sair na frente. No entanto, o time da casa não se deixou abater e começou a equilibrar as ações, dominando a posse de bola e criando boas oportunidades.

A persistência do Dourado foi recompensada aos 44 minutos, quando Isidro Pitta converteu um pênalti, empatando o confronto. O pênalti foi marcado após uma revisão do VAR, que identificou uma falta dentro da área cometida pelo zagueiro do Botafogo. Com o gol, o Cuiabá foi para o intervalo com a moral elevada e a esperança de virar o jogo no segundo tempo.

Segundo Tempo

No retorno do intervalo, o jogo continuou intenso. Clayson, em um lance inacreditável, quase virou para o Cuiabá, mas a bola caprichosamente bateu na trave. O Botafogo, por sua vez, manteve a calma e buscou explorar os contra-ataques.

A partida seguiu equilibrada e morna até os 30 minutos, quando Ponte aproveitou uma oportunidade dentro da área e colocou o Botafogo de volta à frente no placar. O gol veio após uma bela jogada coletiva, que terminou com um cruzamento preciso e a finalização certeira de Ponte.

Pressão final e classificação

Com o resultado adverso, o Cuiabá se lançou ao ataque, tentando de todas as formas arrancar o empate. A equipe da casa pressionou intensamente nos minutos finais, mas não conseguiu transformar as chances em gols. A defesa do Botafogo se manteve sólida e segurou o resultado até o apito final.

A derrota deixou o Cuiabá na 15ª posição da tabela, com 13 pontos, enquanto o Botafogo alcançou a vice-liderança com 27 pontos. No entanto, essa posição ainda pode ser alterada dependendo do resultado do jogo entre Palmeiras e Grêmio, que acontece nesta quinta-feira.

Próximos desafios

O próximo desafio do Cuiabá será contra o Flamengo, em uma partida que promete ser difícil no Maracanã, no sábado (6), às 21h (horário de Brasília). Já o Botafogo retorna ao Rio de Janeiro para enfrentar o Atlético-MG, no domingo (7), às 20h30 (horário de Brasília).

A expectativa é de que ambas as equipes busquem a recuperação e a manutenção de suas posições na tabela, proporcionando mais emoções aos torcedores. A torcida do Cuiabá espera que o time consiga se reerguer após essa derrota, enquanto os botafoguenses estão confiantes em mais uma vitória para consolidar a boa fase da equipe.

FICHA TÉCNICA

CUIABÁ 1 X 2 BOTAFOGO

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Data: 03/07/2024
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (Fifa-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Fernanda Nandrea Gomes Antunes (Fifa-MG)
VAR: Charly Wendy Straub Deretti (Fifa-SC)

Cartões amarelos: Alan Empereur, André Luís, Raylan e Filipe Augusto (Cuiabá); Óscar Romero (Botafogo)
GOLS: Kauê, aos 4 minutos do primeiro tempo (Botafogo, Isidro Pitta, aos 44 minutos do primeiro tempo (Cuiabá), Mateo Ponte, aos 30 minutos do segundo tempo (Botafogo)

CUIABÁ: Walter; Bruno Alves, Marllon e Alan Empereur (Lucas Fernandes); Matheus Alexandre (Raylan), Filipe Augusto, Denilson (Fernando Sobral) e Ramon; Jonathan Cafú (Jadson), Isidro Pitta e Clayson (André Luís). Técnico:Petit

BOTAFOGO: John; Mateo Ponte, Lucas Halter, Bastos e Marçal (Cuiabano); Gregore (Tiquinho Soares), Marlon Freitas, Kauê (Danilo Barbosa) e Eduardo; Luiz Henrique (Óscar Romero) e Junior Santos (Diego Hernández). Técnico:Artur Jorge

Fonte: Esportes





Esportes

Fluminense derrota o Palmeiras no Maracanã pela 19ª rodada do Brasileirão

Published

on


Em uma noite de quarta-feira marcada por muita emoção, o Fluminense venceu o Palmeiras por 1 a 0, em partida válida pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol do jogo foi marcado por Jhon Arias aos 41 minutos do segundo tempo, garantindo três pontos cruciais para a equipe carioca.

Com este resultado, o Palmeiras encerra o primeiro turno com 36 pontos, ocupando a terceira posição na tabela, atrás de Botafogo e Flamengo, que têm 40 e 37 pontos, respectivamente. O Fluminense, por sua vez, chega a 14 pontos, mas ainda permanece na 19ª posição, a três pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento.

O Fluminense começou a partida pressionando e criou duas boas oportunidades antes dos cinco minutos. Jhon Arias, após cruzamento de Cano, finalizou para defesa de Weverton. Em seguida, Thiago Silva lançou para Marquinhos, que dominou no peito e chutou por cima do gol.

A primeira tentativa de finalização do Palmeiras veio aos 16 minutos, com Raphael Veiga cobrando falta por cima do travessão. O Fluminense continuou pressionando, com Marquinhos e Ganso criando chances, mas sem sucesso. Nos acréscimos do primeiro tempo, Vanderlan fez boa jogada e chutou cruzado, mas Fábio defendeu.

Segundo Tempo

No segundo tempo, o Palmeiras teve a primeira chance aos cinco minutos, com Gabriel Menino chutando firme para defesa de Fábio. Apesar de ter mais posse de bola, o Verdão teve dificuldades na criação de jogadas e foi pouco efetivo no ataque. Aos 18 minutos, o Fluminense respondeu com Marcelo cruzando para Arias, que não conseguiu cabecear em cheio.

Aos 31 minutos, Thiago Silva cabeceou por cima do gol após cobrança de escanteio de Marcelo. O Palmeiras teve uma cobrança de falta aos 36 minutos, mas a defesa do Fluminense afastou. Pouco depois, Rony recebeu bom passe de Mauricio, mas foi desarmado antes de finalizar. Aos 40 minutos, André chutou de fora da área, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O gol da vitória do Fluminense veio aos 41 minutos. Kevin Serna fez uma excelente jogada pela esquerda, driblou Zé Rafael e Richard Ríos, e cruzou para Jhon Arias, que finalizou de primeira, balançando a rede de Weverton.

Com esta vitória, o Fluminense ganha fôlego na luta contra o rebaixamento, enquanto o Palmeiras precisa se recuperar rapidamente para continuar na briga pelo título.

 Próximos Confrontos

O Fluminense volta a campo no domingo para enfrentar o Red Bull Bragantino, às 11 horas (horário de Brasília), no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Já o Palmeiras receberá o Vitória no Allianz Parque, no sábado, às 19 horas.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Data: 24/07/2024
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa/GO) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Cartões amarelos: Thiago Santos e Ganso (Fluminense); Gustavo Gómez, Raphael Veiga e Zé Rafael (Palmeiras)
GOL: Jhon Arias, aos 41 minutos do 2°T (FLUMINESE)

FLUMINENSE: Fábio, Samuel Xavier, Thiago Silva, Thiago Santos e Diogo Barbosa; André, Martinelli (Nonato), Paulo Henrique Ganso (Marcelo) e Jhon Arias; Marquinhos (Kevin Serna) e Germán Cano (Kauã Elias). Técnico: Mano Menezes

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Reis e Vanderlan; Aníbal Moreno (Gabriel Menino), Zé Rafael e Raphael Veiga (Richard Ríos); Felipe Anderson (Lázaro), Dudu (Mauricio) e Flaco López (Rony). Técnico: João Martins (auxiliar)

Fonte: Esportes





Continue Reading

Esportes

Flamengo conquista vitória suada contra o Vitória no Barradão

Published

on


Em uma noite de quarta-feira marcada por muita emoção, o Flamengo venceu o Vitória por 2 a 1, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Com este resultado, o time carioca alcançou 37 pontos, consolidando-se entre os líderes da competição. Por outro lado, o Vitória permanece com 15 pontos, ainda na zona de rebaixamento.

O Flamengo abriu o placar no primeiro tempo com um gol de Arrascaeta. Na segunda etapa, o Vitória empatou com Everaldo, mas os cariocas garantiram a vitória com um gol de Carlinhos nos minutos finais.

O Flamengo iniciou a partida dominando a posse de bola, mas sem muita criatividade no ataque. O Vitória, após um começo focado na marcação, começou a explorar os contra-ataques. Os baianos aproveitaram os espaços deixados pelos cariocas e chegaram a finalizar com Alerrandro, embora sem perigo. O Flamengo respondeu com um cabeceio de Léo Pereira.

Aos 34 minutos, o Vitória quase abriu o placar com um cabeceio de Wilean Lepo, defendido por Rossi. Matheuzinho também teve uma chance, mas chutou para fora. No entanto, aos 38 minutos, Arrascaeta recebeu um lançamento, driblou o marcador e marcou para o Flamengo, dando tranquilidade ao time carioca, que controlou o jogo até o intervalo.

Segundo Tempo

Na segunda etapa, o Flamengo continuou dominando. Fabrício Bruno chegou a marcar, mas o gol foi anulado devido a uma irregularidade na cobrança de escanteio. O Vitória, animado pelo lance, quase empatou com um chute de Matheuzinho, defendido por Rossi.

O Vitória começou a equilibrar a partida e quase empatou aos 21 minutos, quando William Oliveira recebeu um passe na área, mas chutou para fora. O Flamengo respondeu com Viña, que parou em uma grande defesa de Lucas Arcanjo. Aos 28 minutos, o Vitória empatou com Everaldo, que foi lançado na área e finalizou com precisão.

O Flamengo não se abalou com o empate e quase marcou novamente aos 32 minutos, quando Gabriel driblou o goleiro, mas Caio Vinícius salvou em cima da linha. Nos minutos finais, o jogo ficou aberto, com ambas as equipes buscando o ataque. Aos 44 minutos, Carlinhos foi lançado na área e tocou na saída do goleiro, garantindo a vitória do Flamengo no Barradão.

Próximos Confrontos

Na próxima rodada, o Flamengo enfrentará o Atlético-GO no Maracanã, neste domingo. Já o Vitória terá um desafio contra o Palmeiras, no sábado, no Allianz Parque.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 1 X 2 FLAMENGO

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 24/07/2024
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP-Fifa)
Assistentes: Marcelo Carvalho Von Gasse (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Cartões amarelos: Lucas Esteves (Vitória); Luiz Araújo (Flamengo)

GOLS : Arrascaeta, aos 38min do primeiro tempo (FLAMENGO), Everaldo, aos 28min do segundo tempo (VITÓRIA) e Carlinhos, aos 44min do segundo tempo (FLAMENGO).

VITÓRIA: Lucas Arcanjo, Willean Lepo, Caio Vinícius, Wagner Leonardo e Lucas Esteves (PK); Willian Oliveira (Jean Mota), Léo Naldi e Ricardo Ryller (Zé Hugo); Matheuzinho, Alerrandro (Lawan) e Osvaldo (Everaldo)
Técnico: Thiago Carpini

FLAMENGO: Rossi, Varela, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Viña (Ayrton Lucas); Allan (Matheus Gonçalves), De La Cruz (Luiz Araújo) e Arrascaeta; Gerson, Everton Cebolinha (Carlinhos) e Pedro (Gabriel)
Técnico: Tite

Fonte: Esportes





Continue Reading

Esportes

Sonho continental do Internacional termina em frustração no Beira-Rio

Published

on


Em noite de luta e drama, o Internacional não conseguiu reverter a vantagem argentina e se despediu da Copa Sul-Americana na noite desta terça-feira (25.07). O empate em 1 a 1 com o Rosario Central, no Estádio Beira-Rio, decretou a eliminação colorada ainda nos playoffs da competição.

Alan Patrick, no início do segundo tempo, marcou o gol que manteve vivo o sonho da classificação. A explosão de alegria da torcida, porém, foi silenciada por um balde de água fria. O tento de Augustín Sandéz, ainda na primeira etapa, garantiu a vaga aos argentinos, que haviam vencido o jogo de ida por 1 a 0.

A equipe gaúcha amargou assim sua terceira eliminação na temporada. Antes da queda na Sul-Americana, o Inter já havia se despedido do Campeonato Gaúcho na semifinal, para o Juventude, e da Copa do Brasil para o Caxias, na terceira fase. Resta agora ao Colorado focar suas energias no Campeonato Brasileiro, onde ocupa a 13ª posição, com 19 pontos.

Em campo, o Rosario Central adotou uma postura aguerrida desde o apito inicial. Aos 19 minutos, a estratégia argentina surtiu efeito: Facundo Mallo aproveitou falha da defesa colorada e serviu Augustín Sandéz, que, com um chute indefensável, abriu o placar.

O Inter voltou do intervalo disposto a mudar o rumo da partida e, logo aos 4 minutos, chegou ao empate. Wesley, em bela jogada individual, cruzou para Enner Valencia. Na sobra do rebote do goleiro Broun, Alan Patrick não perdoou e igualou o marcador.

A pressão colorada se intensificou nos minutos finais, criando um clima de suspense no Beira-Rio. No último lance, a torcida chegou a pedir pênalti em suposta cotovelada em Rafael Borré, mas o árbitro, após consultar o VAR, encerrou o jogo.

Com a classificação, o Rosario Central enfrenta o Fortaleza nas oitavas de final. A primeira partida será no dia 14 de agosto, no Estádio Gigante de Arroyito, na Argentina. O Inter volta a campo no próximo sábado (29), contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, pela 19ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 X 1 ROSÁRIO CENTRAL-ARG

Local: Porto Alegre – Rio Grande do Sul

Estádio: Beira-Rio.
Público: 36.667. Pagantes: 31.646. Não pagantes: 5.021.
Renda: R$ 344.084,00

Arbitragem: Gustavo Tejera, auxiliado por Nicolas Taran e Andrés Nievas. Quarto Árbitro: José Burgos. VAR: Varlos Orbe.

Cartões amarelos: Campaz e Rodríguez (R). Rochet e Alario (I).

Gols: Sández, aos 19’/1ºT (Rosario). Alan Patrick, aos 5’/2ºT (Inter).

Internacional : Rochet; Bustos, Gabriel Mercado, Robert Renan e Renê (Bernabei); Rômulo (Bruno Gomes), Bruno Henrique (Gabriel Carvalho), Rafael Borré, Alan Patrick (Lucas Alario) e Wesley (Gustavo Prado); Enner Valencia. Técnico: Roger Machado.

Rosario Central-ARG: Jorge Broun; Coronel, Facundo Mallo, Quintana e Sández; Franco Ibarra (Rodríguez), Mauricio Martínez, Jonatán Gomez (Ortiz) e Campaz (Giaccone); Enzo Copetti (Módica) e Marco Ruben (Malcorra). Técnico: Miguel Angel Russo.

Fonte: Esportes





Continue Reading

As mais lidas da semana