Esportes

Flamengo derrota Atlético-MG por 4 a 2 e mantém liderança isolada no Brasileirão

Published

on


Em uma noite de grande futebol, o Flamengo foi até Belo Horizonte e venceu o Atlético-MG por 4 a 2, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, realizada na Arena MRV. Bruno Henrique (duas vezes), Carlinhos e Ayrton Lucas marcaram para o Mengão, Hulk marcou para o Atlético Mineiro (duas vezes). Flamengo segue na liderança isolada da competição com 30 pontos. Esta foi a quarta vitória do Mengão fora de casa, consolidando sua boa fase.

O Jogo

A partida começou com ambas as equipes se estudando bastante. O Atlético-MG, jogando em casa, dominava a posse de bola e tentava construir jogadas no campo de ataque. O Flamengo, por sua vez, adiantava suas linhas para dificultar a saída de bola do time mineiro.

No entanto, o Flamengo rapidamente encontrou seu ritmo e abriu o placar aos 13 minutos. Em uma cobrança de falta pela direita, Luiz Araújo cruzou na área e Bruno Henrique apareceu por trás da marcação para cabecear e marcar: 1 a 0 para o Mengão.

O início avassalador do Flamengo continuou, e dez minutos depois, a equipe ampliou a vantagem. Luiz Araújo lançou para Wesley, que ganhou na velocidade de Scarpa, cortou para dentro e finalizou. A bola bateu na trave e sobrou para Carlinhos, que completou de carrinho para as redes, marcando seu primeiro gol com a camisa rubro-negra: 2 a 0.

Com a vantagem no placar, o Flamengo controlou a posse de bola e continuou criando oportunidades ofensivas. Aos 42 minutos, Carlinhos quase marcou seu segundo gol, mas a defesa do Atlético-MG conseguiu afastar o perigo. O Flamengo foi eficiente no ataque e sólido na defesa, indo para o intervalo com uma vantagem confortável.

Segundo Tempo

No início da segunda etapa, o Flamengo manteve o ritmo forte e marcou o terceiro gol logo aos cinco minutos. Ayrton Lucas fez uma linda jogada individual, entrou na área e bateu cruzado para ampliar o marcador: 3 a 0.

Pouco depois, o árbitro consultou o VAR e marcou pênalti de Allan sobre Vargas. Hulk cobrou e diminuiu para o Atlético-MG, batendo forte no canto direito de Rossi: 3 a 1.

Aos 20 minutos, o Atlético-MG teve um jogador expulso. Após uma solada em Bruno Henrique, o lateral-direito Rômulo recebeu o segundo cartão amarelo e deixou o time mineiro com um homem a menos.

Aproveitando a vantagem numérica, o Flamengo marcou o quarto gol aos 22 minutos. Pedro, que havia entrado recentemente na partida, deu um belo passe para Bruno Henrique, que invadiu a área e finalizou para as redes, marcando seu segundo gol no jogo: 4 a 1.

Com o jogo praticamente definido, o técnico Tite fez várias substituições para rodar o elenco e descansar alguns jogadores, já pensando no próximo duelo contra o Cuiabá. Na reta final, o Atlético-MG ainda conseguiu descontar novamente com Hulk, que marcou seu segundo gol na partida: 4 a 2.

Nos minutos finais, o Flamengo valorizou a posse de bola no campo ofensivo e aguardou o apito final do árbitro para confirmar mais uma vitória fora de casa. Com o resultado, o Mengão permanece na liderança isolada do Brasileirão com 30 pontos.

Próximos desafios

O Flamengo volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Cuiabá, buscando manter a liderança e a boa fase no Campeonato Brasileiro. Já o Atlético-MG tentará se recuperar da derrota em seu próximo compromisso, visando subir na tabela e se afastar da zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA

Atlético-MG 2×4 Flamengo

Local: Arena MRV, Belo Horizonte-MG
Data e hora: 03/07/2024 às 21h30
Arbitragem: Ramon Abatti Abel (FIFA/SC), Nailton Junior de Sousa Oliveira (FIFA/CE) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
Cartões amarelos: Bruno Henrique (FLA), Rômulo (CAM), Ayrton Lucas (FLA), Paulo Vitor (CAM) e Battaglia (CAM)
Cartão vermelho: Rômulo (CAM)
Gols: Bruno Henrique (13’1ºT e 22’2ºT), Carlinhos (23’1ºT), Ayrton Lucas (5’2ºT) e Hulk (11’2ºT e 44’2ºT).

Atlético-MG: Matheus Mendes; Rômulo, Bruno Fuchs, Battaglia e Gustavo Scarpa; Otávio, Paulo Vitor (Mariano) e Igor Gomes (Vargas); Hulk, Cadu (Palacios) e Paulinho. Técnico: Gabriel Milito.

Flamengo: Rossi; Wesley, Fabrício Bruno, David Luiz e Ayrton Lucas (Léo Pereira); Léo Ortiz (Erick Pulgar), Allan e Gerson (Lorran); Luiz Araújo (Victor Hugo), Bruno Henrique e Carlinhos (Pedro). Técnico: Tite.

Fonte: Esportes





Esportes

Atlético-MG derrota o Vasco na reestreia de Philippe Coutinho

Published

on


O Atlético-MG conseguiu interromper a boa fase do Vasco no Campeonato Brasileiro ao vencer por 2 a 0 neste domingo, na Arena MRV, em partida válida pela 18ª rodada. O jogo marcou a reestreia de Philippe Coutinho pelo clube carioca, mas o meia teve uma atuação discreta e não conseguiu evitar a derrota.

Primeira Etapa

O Atlético-MG dominou o primeiro tempo e abriu o placar com dois gols de Hulk. O primeiro gol veio aos 26 minutos, quando Scarpa cruzou da direita e Hulk, livre de marcação, cabeceou para o fundo das redes. Dois minutos depois, Praxedes cometeu um erro crucial ao recuar a bola, permitindo que Hulk ficasse cara a cara com o goleiro Léo Jardim e ampliasse o placar para 2 a 0.

O Vasco teve uma chance perigosa aos 36 minutos, quando Paulo Henrique foi lançado pela direita, mas não conseguiu acertar o cruzamento para Vegetti. O Atlético-MG quase fez o terceiro gol aos 43 minutos, mas Paulo Henrique salvou em cima da linha após um carrinho de Alan Franco.

Segunda Etapa

No segundo tempo, o técnico Rafael Paiva fez mudanças no Vasco, incluindo a estreia do atacante colombiano Emerson Rodríguez, que entrou no lugar de Praxedes. O Vasco começou a etapa final com mais agressividade, e logo no primeiro minuto, Lucas Piton cobrou uma falta perigosa, mas Matheus Mendes fez a defesa.

Aos 16 minutos, Emerson Rodríguez cabeceou após um cruzamento da esquerda, mas a bola passou à direita do gol. O Atlético-MG respondeu rapidamente com Scarpa, que chutou da entrada da área, mas a bola desviou e foi para fora.

Philippe Coutinho entrou em campo aos 21 minutos, substituindo Adson, mas não conseguiu mudar o rumo da partida. Aos 32 minutos, Alex Teixeira também fez sua reestreia pelo Vasco, entrando no lugar de David, enquanto Sforza substituiu Hugo Moura. Aos 34 minutos, Piton cruzou da esquerda, mas Vegetti, atrapalhado por Alonso, não conseguiu cabecear com precisão.

Situação na Tabela

Com a vitória, o Atlético-MG chegou aos 25 pontos em 17 jogos, ocupando a nona colocação na tabela do Brasileirão. O Vasco, com 23 pontos em 18 partidas, está na décima posição.

O Atlético-MG mostrou superioridade e eficiência para garantir a vitória sobre o Vasco, interrompendo a sequência de quatro vitórias consecutivas do adversário. A reestreia de Philippe Coutinho pelo Vasco não foi suficiente para mudar o resultado, e o Gigante da Colina terá que se reorganizar para os próximos desafios no Campeonato Brasileiro.

Próximos Compromissos

Ambas as equipes terão uma semana de descanso, pois seus jogos da 19ª rodada foram adiados. O próximo compromisso do Vasco será contra o Grêmio, no próximo domingo, às 16h (horário de Brasília), na Arena Condá, pela 20ª rodada do Brasileirão. O Atlético-MG, por sua vez, enfrentará o Corinthians na Arena MRV, também no próximo domingo, às 19h (de Brasília).

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2X0 VASCO

Local: Arena MRV, Belo Horizonte (MG)
Data: 21/07/2024
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Cartão amarelo: Hugo Moura (Vasco) e Junior Alonso (Atlético-MG)
Gols: Atlético-MG: Hulk, aos 26′ e aos 38′ do 1ºT

ATLÉTICO-MG: Matheus Mendes; Bruno Fuchs, Battaglia e Junior Alonso; Otávio, Alan Franco, Fausto Vera (Paulo Vitor) e Scarpa (Lyanco); Bernard (Saravia), Paulinho (Vargas) e Hulk. Técnico: Gabriel Milito.

VASCO: Léo Jardim; Paulo Henrique, Maicon, Léo e Lucas Piton; Mateus Carvalho (Zé Gabriel), Hugo Moura (Sforza) e Praxedes (Emerson Rodríguez); David (Alex Teixeira), Adson (Philippe Coutinho) e Vegetti. Técnico: Rafael Paiva.

Fonte: Esportes





Continue Reading

Esportes

 Corinthians vence Bahia e escapa da zona de rebaixamento no Brasileirão

Published

on


O Corinthians conquistou uma vitória crucial ao derrotar o Bahia por 1 a 0 na tarde deste domingo (21.07), em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O triunfo na Arena Fonte Nova permitiu ao Timão escapar temporariamente da zona de rebaixamento da liga nacional.

A equipe comandada por Ramón Diaz mostrou solidez defensiva ao adotar uma formação com três zagueiros. O gol da vitória foi marcado ainda no primeiro tempo pelo atacante Ángel Romero. Na segunda etapa, o Corinthians conseguiu segurar a pressão do Bahia e garantiu os três pontos.

Com essa vitória, o Corinthians subiu para a 14ª posição na tabela do Brasileirão, somando agora 18 pontos. O Bahia, por outro lado, permanece na 5ª colocação com 30 pontos.

Primeira Etapa

O Bahia começou a partida pressionando o Corinthians e teve uma boa chance logo aos seis minutos, quando Thaciano finalizou com perigo. A equipe de Rogério Ceni recuperou a bola no campo de ataque e, após uma arrancada de Everton Ribeiro, quase abriu o placar.

Após o susto inicial, o Corinthians conseguiu equilibrar a partida e esfriar os ânimos do time da casa. Aos 20 minutos, Yuri Alberto recebeu um passe em profundidade de Rodrigo Garro, mas não conseguiu finalizar a jogada com precisão.

O gol do Corinthians veio aos 37 minutos. Alex Santana desarmou Everton Ribeiro e passou para Yuri Alberto, que cruzou na medida para Romero fintar a marcação e finalizar para o fundo das redes.

Segunda Etapa

No segundo tempo, o Bahia voltou a pressionar e quase empatou aos seis minutos, quando Everton Ribeiro finalizou após cruzamento de Thaciano, mas Hugo Souza fez uma boa defesa.

Aos 23 minutos, Everton Ribeiro voltou a assustar em uma cobrança de falta que passou perto do gol corintiano. Gilberto também tentou aos 34 minutos, mas Hugo Souza defendeu tranquilamente. O goleiro do Corinthians teve que trabalhar novamente aos 39 minutos, defendendo um chute de Ademir.

Apesar da pressão do Bahia até o apito final, o Corinthians soube administrar a vantagem e ainda teve uma chance em um contra-ataque com Matheuzinho, que finalizou para defesa de Marcos Felipe.

A vitória do Corinthians sobre o Bahia foi um alívio para a equipe, que conseguiu sair da zona de rebaixamento e ganhar confiança para os próximos desafios. A solidez defensiva e a eficiência no ataque foram fundamentais para o triunfo, que agora coloca o Timão em uma posição mais confortável na tabela do Campeonato Brasileiro.

Próximos Compromissos

Na próxima rodada, o Corinthians enfrentará o Grêmio em casa, na quinta-feira, às 20 horas (de Brasília). Já o Bahia visitará o Atlético-GO na quarta-feira, às 21h30.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 21/07/2024
Horário: às 16h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Fernanda Nandrea Gomes Antunes (Fifa-MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)
Cartões amarelos: Ryan, Gustavo Henrique, André Ramalho e Alex Santana (Corinthians); Biel, Caio Alexandre, Cuesta e Kanu (Bahia)
GOLS: Romero, aos 37 do 1ºT (Corinthians)

BAHIA: Marcos Felipe; Santiago Arias (Gilberto), Victor Cuesta (Rezende), Kanu e Luciano Juba (Iago Borduchi); Caio Alexandre, Jean Lucas (Ademir), Everton Ribeiro e Cauly (Carlos De Pena); Everaldo e Thaciano. Técnico: Rogério Ceni

CORINTHIANS: Hugo Souza; Cacá, Félix Torres e André Ramalho; Matheuzinho (Fagner), Ryan (Breno Bidon), Alex Santana, Rodrigo Garro (Giovane) e Hugo (Matheus Bidu); Yuri Alberto e Romero (Wesley). Técnico: Ramón Díaz

Fonte: Esportes





Continue Reading

Esportes

Grêmio vence o Vitória por 2 a 0 no Estádio Centenário e respira no Brasileirão

Published

on


Neste domingo (21.07), no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, o Grêmio enfrentou o Vitória em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gols de Soteldo e Reinaldo, o Tricolor gaúcho garantiu uma vitória por 2 a 0, somando pontos importantes na luta contra o rebaixamento.

Com o resultado, o Grêmio chegou aos 14 pontos, mas ainda permanece na 18ª posição da tabela. O Vitória, por sua vez, continua com 15 pontos, ocupando a 16ª colocação.

Primeira Etapa

O Grêmio começou a partida com uma postura ofensiva e teve uma grande chance de abrir o placar aos 25 minutos do primeiro tempo. O volante Villasanti fez um belo passe em profundidade para Pavón, que saiu cara a cara com o goleiro Lucas Arcanjo, mas hesitou na finalização e acabou desarmado pelo defensor adversário.

Apenas um minuto depois, em uma jogada após cobrança de escanteio, o zagueiro Kanemann foi derrubado dentro da área pelo goleiro Lucas Arcanjo. O árbitro inicialmente marcou a penalidade, mas após uma longa revisão do VAR, a decisão foi anulada, pois a bola já havia saído de campo no momento do contato. Para piorar a situação do Grêmio, Kanemann se machucou no lance e precisou ser substituído por Pedro Geromel.

O time gaúcho continuou pressionando e quase marcou aos 38 minutos. Soteldo fez uma excelente jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Edenilson, que, sozinho, finalizou com muito perigo, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Segunda Etapa

No segundo tempo, o Grêmio manteve o domínio da partida, mas encontrava dificuldades para criar chances claras de gol. Aos 17 minutos, Soteldo finalmente abriu o placar. Dentro da área, o venezuelano venceu a dividida com o defensor adversário e bateu no contrapé de Lucas Arcanjo, que não conseguiu defender.

O Vitória tentou reagir rapidamente e quase empatou aos 20 minutos. Matheuzinho fez uma boa jogada pela direita e cruzou para trás, mas Rodrygo Ely apareceu para afastar o perigo e salvar o Grêmio.

Nos acréscimos, aos 48 minutos, o jogo voltou a ganhar emoção. Matias Arezo, que fazia sua estreia pelo Grêmio, recebeu a bola dentro da área, girou sobre o marcador e foi derrubado, resultando em uma penalidade. Na cobrança, o lateral Reinaldo chutou forte e converteu, selando a vitória por 2 a 0.

A vitória do Grêmio sobre o Vitória foi um alívio para a equipe gaúcha, que conseguiu somar pontos importantes na luta contra o rebaixamento. A solidez defensiva e a eficiência no ataque foram fundamentais para o triunfo, que agora coloca o Tricolor em uma posição mais esperançosa na tabela do Campeonato Brasileiro.

Próximos Compromissos

O Grêmio volta a campo na próxima quinta-feira, às 20h (de Brasília), quando enfrentará o Corinthians na Neo Química Arena, pelo Brasileirão. Já o Vitória receberá o Flamengo no Barradão na quarta-feira, às 20h, também pela competição nacional.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 X 0 VITÓRIA

Local: Estádio Centenário, Caxias do Sul (RS)
Data: 21/07/2024
Horário: 11 horas (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Lucas Costa Modesto (DF)
Cartões amarelos: Felipe Carballo (Grêmio); Lucas Arcanjo, Léo Naldi, Janderson, Lawan, Willian Oliveira, Lucas Esteves e Reynaldo (Vitória)
GOLS: Soteldo, aos 17 minutos do 2°T, e Reinaldo, aos 51 do 2ºT (GRÊMIO)

GRÊMIO: Agustín Marchesín; João Pedro, Rodrigo Ely, Kanemman (Pedro Geromel) e Reinaldo; Mathias Villasanti, Felipe Carballo (Gustavo Nunes), Edenilson (Dodi) e Nathan (Pepê), Cristian Pavón (Matias Arezo) e Soteldo. Técnico: Renato Gaúcho

VITÓRIA: Lucas Arcanjo; Raúl Cáceres (Iury Castilho), Willean Lepo, Wagner Leonardo, Reynaldo e Lucas Esteves; Willian Oliveira, Léo Naldi (Ricardo) e Matheuzinho (Daniel Júnior); Janderson (Luis Miguel) e Alerrandro (Lawan). Técnico: Thiago Carpini

Fonte: Esportes





Continue Reading

As mais lidas da semana