Política

Janaina: pré-candidatura de empresário “chega um pouco tarde”

Published

on


Secretária-geral do MDB Mato Grosso, a deputada estadual Janaina Riva afirmou que vai continuar apoiando a pré-candidatura do colega Eduardo Botelho (União) a prefeito de Cuiabá, mesmo com a sigla lançando um candidato.

A gente respeita, mas eu não posso apoiar o Kennedy aqui porque a gente já tinha compromisso anterior

 

O MDB Cuiabá confirmou, neste fim de semana, a pré-candidatura do empresário Domingos Kennedy, com o apoio do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

 

Janaina elogiou o perfil do empresário, mas afirmou que a aprovação da pré-candidatura é “um pouco” tardia, uma vez que os nomes dos principais partidos já estão postos desde o início desse ano.

 

“Eu gosto muito do nome do Kennedy. Acho uma excelente pessoa, é um homem da indústria, conhece bem Cuiabá. Porém eu já sou uma apoiadora do Botelho desde o ano passado. A candidatura, apesar de boa, chega um pouco tarde para o processo”, disse.

 

“É uma candidatura do prefeito Emanuel. A gente respeita, mas eu não posso apoiar o Kennedy aqui porque a gente já tinha compromisso anterior”, emendou.

 

Questionada se a candidatura de Kennedy pode prejudicar a campanha do Botelho, já que ambos se posicionam como centro-direita, Janaina garantiu que não. 

 

“Não acho que atrapalha. Todas as pesquisas que a gente fez, a gente sempre colocou um nome do MDB ou Juca ou o próprio Kennedy. Então, não acho que isso atrapalha o Botelho, não”, afimrou. 

 

“É natural ter uma candidatura para representar esses espólio que o Emanuel deixa na Prefeitura. Ele tem um grupo político ali, com as suas dificuldades, mas tem”, completou.

 

Emanuel tem tido um segundo mandato desgastado por diversas operações policiais e ainda sofreu uma intervenção estadual na Saúde da Capital no ano passado. Nos bastidores, dizem que Kennedy deve contrapor os ataques dos candidatos à gestão Pinheiro.

 

A confirmação do empresário na disputa ocorrerá apenas nas convenções partidárias, que ocorrem entre os dias 20 de julho a 5 de agosto.

 

 





Fonte: Mídianews

Política

Trump diz que é mais fácil derrotar Kamala Harris do que Biden

Published

on


Donald Trump, candidato republicano à Presidência dos EUA, disse, nesta sexta-feira (12), que a atual vice-presidente Kamala Harris seria uma oponente mais fraca do que Joe Biden.

 

O ex-presidente disse que ela é mais fraca em “muitas maneiras”. “Ela pode ser mais fácil [de derrotar] do que ele. E talvez eu esteja errado, mas tenho sido muito bom nisso ao longo dos anos”, disse, em entrevista a uma rádio.

 

Trump também afirmou que deve anunciar seu candidato à vice na próxima semana, possivelmente durante a Convenção Nacional Republicana. Sua lista de alternativas inclui os senadores Marco Rubio, JD Vance e Tim Scott, além do governador da Dakota do Norte, Doug Burgum.

 

O republicano ainda comparou o processo de seleção com o reality show que ele apresentou. “Uma versão altamente sofisticada de ‘O Aprendiz'”.

 

A fala de Donald Trump aparece em meio às especulações de que Joe Biden pode ser substituído na disputa. A sua vice-presidente, Kamala Harris, é um dos nomes que circulam na imprensa internacional.

 

Durante coletiva de imprensa na quinta-feira (11), Biden elogiou a aliada. “Ela é qualificada para ser presidente. […] É por isso que a escolhi”.

 

Em um momento da entrevista, o candidato democrata confundiu Kamala com Trump. “Eu não teria escolhido a vice-presidente Trump para ser vice-presidente se não achasse que ela tinha qualificações para ser presidente”.

 

O republicano debochou do concorrente. “Joe começa sua coletiva de imprensa com: ‘Eu não teria escolhido o vice-presidente Trump para ser vice-presidente, embora ache que ela não estava qualificada para ser presidente’. Ótimo trabalho, Joe!”, escreveu Trump na rede Truth Social.





Fonte: Mídianews

Continue Reading

Política

Governo apura fraude de 300 mil pedidos de auxílio pós-tragédia no RS

Published

on


O governo federal apura indícios de fraude em mais de 300 mil pedidos de acesso aos R$ 5.100 do Auxílio Reconstrução criado para ajudar pessoas afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. As suspeitas recaem sobre quase metade do total de solicitações (629,6 mil).

 

O Executivo investiga o caso de 150,6 mil pessoas que solicitaram o benefício e, em tese, não moram em área atingida pela tragédia ambiental. Além disso, 152,7 mil não tiveram o endereço confirmado e 2.700 requereram o auxílio em mais de uma cidade. Os números foram revelados pelo Jornal Nacional e confirmados pela Folha.

 

Outra situação sob suspeita são 1.262 pedidos feitos em nome de pessoas que constam como mortas na base de dados do governo federal.

 

O benefício de R$ 5.100 foi criado para ajudar famílias atingidas pelas enchentes, que deixaram cidades alagadas e casas destruídas no estado gaúcho.

 

As tentativas de fraude foram identificadas em uma espécie de malha fina feita pelo Executivo para identificar possíveis irregularidades na concessão do benefício.

 

A extensão territorial das enchentes no estado e o número de pessoas afetadas fizeram da tragédia gaúcha um fenômeno sem precedentes no Brasil, segundo especialistas de diferentes áreas ouvidos pela Folha.

 

Diversas cidades ficaram com bairros alagados por mais de 20 dias, com abrigos cheios e pessoas morando na rua à espera do retorno à casa. Na volta às residências, as pessoas se depararam com móveis destruídos, eletrodomésticos estragados e todas as dependências sujas de lama.

 

Último balanço do governo do estado aponta que as chuvas deixaram 182 mortos e 806 feridos. Há 31 desaparecidos. No total, 2,3 milhões de pessoas foram afetadas.

 

O auxílio criado pelo governo visa auxiliar as famílias a consertar a casa e comprar novamente os itens necessários.





Fonte: Mídianews

Continue Reading

Política

Jornalista Bruno Garcia é pré-candidato em Várzea Grande

Published

on


O jornalista Bruno Garcia comunicou oficialmente sua pré-candidatura a vereador por Várzea Grande, assumindo o desafio de trabalhar por uma cidade melhor. Em seu anúncio, Bruno destacou sua animação e compromisso em legislar, fiscalizar e buscar soluções para a comunidade.

“Quero comunicar que aceitei o desafio e estou como pré-candidato a vereador por Várzea Grande! Estou animado para trabalhar por uma cidade melhor, legislando, fiscalizando e buscando soluções. Forte abraço do seu amigo Bruno Garcia,” declarou o jornalista.

Bruno Garcia, conhecido por sua atuação na comunicação e defesa dos interesses públicos, agora se prepara para enfrentar um novo desafio político, buscando contribuir ainda mais para o desenvolvimento de Várzea Grande através do legislativo municipal. Sua candidatura reflete um desejo de promover mudanças significativas e construir um futuro melhor para os cidadãos da cidade.

Com sua experiência e dedicação, Bruno promete trazer uma nova perspectiva para a Câmara de Vereadores, focando em políticas públicas eficazes e uma fiscalização rigorosa para garantir a transparência e eficiência na gestão municipal.





Continue Reading

As mais lidas da semana